Meu nome é Janaína Michiles, nasci em Manaus, estudei curso Técnico em Contabilidade no Ensino Médio, sou Bacharel em Turismo e desde os meus 9 anos de idade, sonhei em ser aeromoça. E assim levei a vida, trabalhando e estudando com esse objetivo até que, aos 23 anos consegui fazer o meu primeiro voo como uma profissional do ar! O que verdadeiramente se tornou 99,9% da minha existência.

Esse blog não é sobre aviação, é sobre mim, minhas escolhas, erros, acertos, conquistas, perdas e principalmente, SUPERAÇÃO! Sobre a importância que o  AUTODESENVOLVIMENTO tem tido nesse processo.

Mas falar sobre mim também é falar de aviação, um aeronauta sempre terá seus pés na terra e o seu coração no céu. Por causa da aviação, ou pela falta dela, surgiu o ACREDITE! quando descobri que poderia ‘VOAR SEM ASAS’ ou ‘COM AS MINHAS PRÓPRIAS ASAS’. Eu ACREDITO que todo mundo tem um dom, uma luz que pode iluminar e aquecer a si mesmo, o caminho por onde passa e as pessoas que estão junto nessa jornada. ACREDITO também que somos totalmente responsáveis pelos frutos que colhemos, bons ou não, nós que plantamos essa semente.


“Essa sou eu, com o mesmo sorriso que me acompanhou por 11 anos, enquanto os meus dias, noites e outrora madrugadas, com chuva ou sol, no inverno, verão, de leste à oeste, de norte ao sul e assim resumo esse anos que confesso: não vi passar! Foi tão rápido. Hoje entendo que somente quem ama esse trabalho, essa tão sonhada profissão, é capaz de viver longos anos em aeronaves e não pensar em mais nada. É só entrega, como uma grande paixão… aquele primeiro amor.

Aquela sensação que tudo está perfeito e nada mais poderá ser melhor do que está ali, sendo feliz. Talvez seja por esse motivo que a maioria de nós comissários de voo, não nos preparemos para a “separação”

Quem em sã consciência deixaria sua paixão?! Seu amor, a razão da sua existência?! Pois é, eu também não! Por muitas vezes em conversas nas galleys eu dizia que sim, se dali eu saísse, viveria perfeitamente fazendo qualquer outra coisa, exercendo outro trabalho “em terra”. Mero engano, talvez dissesse isso para tentar convencer a mim mesma de algo que eu temia, inconscientemente.

Até que enfim esse dia fatídico chegou. Pior de tudo: não fui demitida, não pedi demissão, não escolhi parar. Meu corpo tomou essa decisão por mim. Passei anos dizendo aos outros PRIMEIRO PONHA A MÁSCARA DO OXIGêNIO EM VOCÊ E DEPOIS AJUDE QUEM ESTIVER AO LADO”, infelizmente eu não segui essa orientação. Foi trágico. Acredito que as pessoas que não foram “picadas pelo mosquito da aviação” pensem que é exagero, bem, não estou aqui para convencer de que meu relato é verídico. Hoje não tenho mais esse sorriso da foto, sorria para aquele momento, não visualizava além do que os meu olhos eram capazes de alcançar. Agora sorrio porque consigo ver bem longe, vejo novos talentos surgindo em mim a cada dia, oportunidades e desafios que só me motivam.”

Estou na Internet compartilhando minha história por ter sido “o lado bom da Internet” um contribuinte para minha melhoria. Assim, mais pessoas poderão entender que, DESENVOLVENDO suas habilidades, RECONHECENDO seus talentos e ACREDITANDO que é capaz, também conseguirão ver as oportunidades que a vida generosamente nos traz. O autodesenvolvimento pode não ser a melhor alternativa para você como tem sido pra mim, calma! Existe muitas alternativas onde você pode encontrar àquela que poderá te ajudar.

ACREDITE!

  • EMERGÊNCIA NÃO PREPARADA
    EMERGÊNCIA NÃO PREPARADA
  • CURSO VIVER MELHOR AGORA
    CURSO VIVER MELHOR AGORA
  • SERVIR É AMOR
    SERVIR É AMOR
  • ASAS NOVAS
    ASAS NOVAS